fevereiro 24, 2008

Geraldo Amâncio e Sebastião Dias

Dedico este post a amiga Janaina, uma jovem apreciadora da nossa poesia matuta.

1. Sextilhas: Ser poeta

2. É muito triste gostar
de quem não gosta da gente

3. Tem muito o que se contar
De uma casa abandonada

Solidão apavorante
No centro da noite pasma
Gargalhada de fantasma
Que arrepia o visitante
Gira uma sombra ambulante
Consigo mesma assombrada
Grito de alma penada
Pedindo pra se salvar
Tem muito o que se contar
De uma casa abandonada
(Sebastião Dias)

Quem vai ali perde a calma
O sobrosso* lhe acompanha
Escuta uma voz estranha
Ouve gente bater palma
Tem impressão que uma alma
Nessa casa é hospedada
Gritando de madrugada
Mandando a dona voltar
Tem muito o que se contar
De uma casa abandonada
(Geraldo Amâncio)

* medo ou pavor

http://rapidshare.com/files/94558946/Geraldo_Amancio_e_Seb_Dias.zip.html

Senha de descompactação: cantoriasecordeis

9 comentários:

Barbie Destrossada disse...

"Gargalhada de fantasma,que arrepia o visitante"
Empatia ao poema!

Leonardo disse...

mais uma vez venho elogiar esse blog, vamos incentivar nossa cultura porque a cantoria é genial. Queria saber do amigo se ele não teria alguma coisa do poeta Severino Ferreira, um dos maoires nomes que infelizmente faleceu. Abraço

Cantorias e Cordeis disse...

Estimado Leonardo,

até onde me recordo ainda não possuo Severino Ferreia em meu acervo, mas prometo-lhe fazer uma procura mais apurada.
Não possuindo, saiba que na próxima aquisição de cds (geralmente todo fim de semana) estarei em busca do seu pedido.
Fique à vontade para dar mais sugestões.
Será uma satisfação atendê-lo.

Abraço!

Leonardo disse...

Muito obrigado. Continuarei apreciando seu trabalho

Cantorias e Cordeis disse...

Caro Leonardo,

encomendei um material em audio com Severino Ferreira para o dia 08/03 (sábado).
Consulte o blog a partir desta data que estarei postando ok?

Abraço!

Leonardo disse...

Ok amigo
Muito obrigado

Anônimo disse...

Gostaria de ver publicado, alguma coisa do poeta Hercílio Pinheiro,sei que foi um grande homem e um maravilhoso repentista,o maior no tempo dele.Agora, admiro muito o poeta Geraldo Amâncio,acho-o um repentista apaixonante,as vezes sinto muita vontade de conversar com ele quando assisto as suas cantorias mas,está sempre muito apressado,parece que não tem tempo de parar.Adoro ouví-lo cantar, onde eu sei que ele está cantando eu vou vê-lo e ouví-lo,é bom demais.

roberto oliveira disse...

adimiro muito o trabalho desses repentitas, que essa arte, nunca morra, poq que e a cultura mas legitima do nordeste. temos de se orgulhar desses caras!
parabéns e muito obrigado por nos proporcionar tantos momentos inesqueçiveis en seus mais deverços repentes!!!
agradeçe:roberto oliveira jaguaribe ce

roberto oliveira disse...

isso sim vale apena apressiar
roberto oliveira
de:jaguaribe ce